terça-feira, 27 de julho de 2010

O vice-Prefeito Cirilo ainda faz falta?


O papel do radialista Cirilo de Tarso nas eleições municipais de 2008 em Colatina, como candidato a Vice-Prefeito do Leonardo Deptulski, foi de fundamental importancia para o resultado vitorioso na urnas, como representante do PPS. Outro apoio decisivo foi o do PMDB de Marcelino Fraga que trouxe junto o PTB. Essas alinças proporcionaram um bom tempo de TV na campanha televisiva.

Após as eleições e posse dos eleitos, Cirilo, representando o PPS, começou a se movimentar como um provável nome para Deputado Estadual, seguindo a orientação do Presidente Regional do Partido Luciano Resende.

O grupo político liderado por Guerino Balestrassi, procurou impedir de todas as formas a movimentação de Cirilo, sob o argumento de que os nomes para Dep Estadual do grupo seriam: Marcelino Fraga-PMDB e Genivaldo Lievore do PT. Cirilo sem outra alternativa afastou-se do processo e da articulação conduzida por Balestrassi.

Quando  questionado, por razões pessoais, Cirilo nega. Entretanto, é sabido que ele sofreu ameaças veladas para que parasse com a movimentação política. Sendo fechadas todas as portas da Administração para Cirilo enquanto Vice-prefeito.

Hoje, por ironia do destino Guerino e Marcelino estão fora das Eleições em 2010. Em tempo, M. Fraga recorreu da decisão do TRE que impgnou sua candidatura e mantém sua campanha na rua.

E aí, cara pálida!

                        Cirilo de Tarso, políticamente, ainda faz falta?






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário